sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Sorteios da Taça de Portugal: Final Four

A Final 4 da Taça de Portugal em Séniores Masculinos disputa-se nos dias 12 e 13 de Março, no Pavilhão Jorge Galamba Marques, na Figueira da Foz, sendo organizada pela Federação Portuguesa de Voleibol, com a colaboração da Câmara Municipal da Figueira da Foz.

Os jogos das meias-finais estão agendados para o sábado (às 15h00 e 17h30 / 14h e 16h30 nos Açores) e a final, que será transmitida em directo pela Sport TV às 15h00 (14h nos Açores), para o domingo.

12/03/2016
15h00 – SL Benfica x Castêlo da Maia GC
17h30AJ Fonte do Bastardo x SC Caldas

13/03/2016
15h00 – Final (Transmissão Sport TV)


Em Femininos, CD Ribeirense/Atlético VC x Leixões SC e Castêlo da Maia GC x Porto Vólei 2014 são os jogos das meias-finais da Final 4 da Taça de Portugal, que se disputa nos dias 19 e 20 de Março, no Pavilhão Gimnodesportivo Municipal de Vila Flor, sendo organizada pela Federação Portuguesa de Voleibol, com o apoio da Câmara Municipal de Vila Flor.

O Gimnodesportivo, que foi palco da última edição da Supertaça de Femininos, acolherá as meias-finais, pelas 15h00 e 17h30 (14h e 16h30 nos Açores) do dia 19 de Março e, no dia seguinte, a final (hora a designar).

O jogo CD Ribeirense x Atlético VC, relativo aos Quartos-de-Final realiza-se no dia 5 de Março, pelas 20h30 locais.

19/03/2016
15h00CD Ribeirense/Atlético VC x Leixões SC
17h30 – Castêlo da Maia GC x Porto Vólei 2014

20/03/2016
Final - Hora a designar

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Campeonato Regional de Juvenis Femininos - 2ª Fase

Realiza-se a partir de hoje, dia 25 de Fevereiro, até a 28 de Fevereiro a 2ª Fase do Campeonato Regional em Juvenis Femininos.

Esta prova está dividida em duas séries – ambas de 4 equipas – e será disputada num modelo de todos contra todos, a pontos, a duas voltas.

A Série 1 será disputada na Ilha de São Miguel e contará com as participações das equipas do Clube Kairós (São Miguel), da CDC Escola Secundária da Ribeira Grande (São Miguel), do Clube Ana (Santa Maria) e do Clube Desportivo Ribeirense (Pico).
O palco do evento será o Pavilhão da Coriscolândia (Clube K).

A Série 2 será disputada na Ilha das Flores e contará com a participação das equipas do Grupo Desportivo Fazendense (Flores), da Associação Desportiva e Cultural dos Bombeiros da Horta (Faial), da Associação Desportiva Recreativa e Escolar Praiense (Terceira) e do Futebol Clube da Calheta (São Jorge).
O palco do evento será o Pavilhão Municipal das Lajes.

O vencedor de cada Série ficará apurado para a 3ª Fase que será disputada a duas mãos para se encontrar o Campeão Regional do referido escalão.
Ao vencedor será conferido o direito de participação na Fase Final Nacional.

Campeonato Regional de Juvenis Masc.: CDE Flores apurou-se para a 3ª Fase

Foto de: Filipe Vieira
Realizou-se no passado fim-de-semana a 2ª Fase do Campeonato Regional de Juvenis Masculinos.

A Série 2 teve lugar na Ilha do Pico e o palco do evento foi o Pavilhão da EBI das Lajes do Pico que contou com as participações do Clube Desportivo Ribeirense, da Associação de Jovens da Fonte do Bastardo, da Associação Desportiva e Cultural dos Bombeiros da Horta e do Clube Desportivo Escolar das Flores.

O Clube Desportivo Escolar das Flores foi o grande vencedor desta Série, garantido assim a qualificação para a 3ª Fase do Campeonato Regional do respectivo escalão.

Compreendendo duas voltas de jogos entre as quatro equipas presentes, a competição revelou-se muito equilibrada entre CDE Flores e AJ Fonte do Bastardo.
Ambas as formações venceram todos os sets nos dois encontros com o CD Ribeirense e também nos dois jogos com o ADC Bombeiros da Horta.

Sendo assim, disputaram entre si o apuramento para a próxima fase.
Num primeiro jogo muito equilibrado, a Fonte do Bastardo entrou bem ao conquistar o primeiro parcial por 21-25.
Os Escolares das Flores reagiram e sem contestação conquistaram os dois sets seguintes.
Os terceirenses voltaram a puxar dos "galões" e com a conquista do 4º set, obrigaram as duas formações a disputar um set de desempate.
Na “negra” o parcial acabou por pender para a formação da Praia da Vitória por 17-19, ficando assim mais perto de conseguirem o seu objectivo.

No segundo embate, a Fonte do Bastardo fez tudo por tudo para alcançar o apuramento para a próxima fase, mas os Escolares das Flores conseguiram impor o seu jogo e triunfar pela margem máxima – 3-0.

Nos encontros entre ambos, o CDEF somou 4 pontos contra os 2 pontos da Fonte do Bastardo, tendo esse factor sido decisivo na classificação final.
A 3ª Fase do Campeonato Regional de Juvenis Masculinos será disputada nos dias 9 e 10 de Abril na Ilha de São Jorge.
Frente a frente estarão o FC Calheta (Vencedor da Série 1) e o CDE Flores (Vencedor da Série 2).
Ao vencedor será conferido o direito de participação na Fase Final Nacional.

Campeonato Regional de Juvenis Masc.: FC Calheta carimba passaporte para a 3ª Fase

Realizou-se no passado fim-de-semana a 2ª Fase do Campeonato Regional de Juvenis Masculinos.

A Série 1 teve lugar na Ilha de São Miguel e o palco do evento foi o Pavilhão do Clube K e da EBI Roberto Ivens (em 2 jogos) que contou com as participações do Clube Kairós, da Associação dos Antigos Alunos, do Clube Desportivo “Os Marienses” e do Futebol Clube da Calheta.

O Futebol Clube da Calheta apurou-se para a 3ª Fase do Campeonato Regional de Juvenis Masculinos.
Os Calhetenses apresentaram-se imbatíveis e nos seis jogos que disputaram arrecadaram seis vitórias.

No primeiro dia, a equipa da casa entrou com o pé direito na prova ao vencer uma aguerrida equipa dos Antigos Alunos por 3-0.
No outro jogo, a Calheta ainda cedeu o terceiro parcial por 25-13 diante dos Marienses, mas acabaria por se impor e alcançar uma vitória clara por 3-1.

No segundo jogo, os Marienses defrontaram os anfitriões, sendo que os parciais do 1º e 3º sets foram os mais equilibrados mas não suficientes para a equipa de Santa Maria alcançar o triunfo, terminando o jogo com uma vitória da equipa da casa por 0-3.
No outro jogo, a formação da Ilha de São Jorge rubricou uma grande exibição e bateu os Antigos Alunos por 3-0 sem contestação.

No terceiro jogo, o FC Calheta ainda teve alguma réplica do Clube K, mas a vitória acabou por sorrir aos Calhetenses por 3-1.
Mais equilibrado foi o embate entre CD “Os Marienses” e Antigos Alunos. A partida apenas se decidiu na “negra”, com a vitória a sorrir aos micaelenses por 6-15.

Na segunda volta, o FC Calheta dominou fortemente o jogo diante dos Marienses, vencendo pelos parciais de 25-15, 25-18, 25-15, e consequente 3-0.
No outra partida, jogo de loucos entre Clube K e Antigos Alunos, com a vitória a pender para a equipa da casa por 3-2.

No quinto jogo, o Clube K impôs-se diante dos Marienses pela margem máxima e garantiu o segundo lugar da prova.
Na outra partida, a Calheta conseguiu superiorizar-se aos Antigos Alunos, vencendo por 3-0 e assegurando desde já a primeira posição da prova e a passagem à próxima fase do respectivo escalão.

No último jogo da prova, o Clube K recebeu o todo-poderoso FCC, que liderava a prova, e voltou a não conseguir impor o seu jogo. A vitória sorriu aos calhetenses por 0-3, que terminaram assim a prova sem qualquer derrota.
Na outra partida, a luta pelo terceiro lugar estava em aberto com os Antigos Alunos a levarem vantagem por 2 pontos. Depois de na primeira volta o encontro se ter decidido na “negra”, este foi completamente diferente com os Marienses a imporem-se pela margem máxima e garantirem o último lugar do pódio.
A 3ª Fase do Campeonato Regional de Juvenis Masculinos será disputada nos dias 9 e 10 de Abril na Ilha de São Jorge.
Frente a frente estarão o FC Calheta (Vencedor da Série 1) e o CDE Flores (Vencedor da Série 2).
Ao vencedor será conferido o direito de participação na Fase Final Nacional.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

2ª Divisão Nacional Masculina - Zona Açores: 13ª e 14ª Jornadas

No fim-de-semana que passou, Associação Desportiva Recreativa e Escolar Praiense e Clube Desportivo Ribeirense, anteciparam os encontros relativos à 13ª e 14ª jornadas a contar para o Campeonato Nacional da 2ª Divisão Masculina - Zonas Açores.

Foi feliz a formação da Praia da Vitória que mostrou ter melhores argumentos para alcançar a vitória. Mesmo assim os Picoenses bateram-se muito bem, tendo mesmo a vir a vencer um set.
No entanto, nos restantes parciais o Praiense foi mais eficaz em termos ofensivos e defensivos acabando por garantir dois triunfos por duplo 3-1.

Com este resultado, a ADREP isolou-se no segundo lugar da competição, agora com 6 pontos de vantagem sobre o seu adversário desta jornada.

Resultados da jornada:
13ª Jornada – 20/02/2016
ADRE Praiense 3x1 CD Ribeirense (14-25 / 25-17 / 25-18 / 25-17)

14ª Jornada – 21/02/2016
ADRE Praiense 3x1 CD Ribeirense (25-17 / 22-25 / 27-25 / 25-17)

2ª Divisão Nacional Feminina - Zona Açores: 11ª e 12ª Jornadas

Foto de: Santa Cruz SC
No fim-de-semana que passou realizou-se a 11ª e 12ª jornadas a contar para a 1ª Fase do Campeonato Nacional da 2ª Divisão Feminina - Zonas Açores.

O Clube Kairós iniciou a segunda volta da mesma forma como terminou a primeira: a vencer!
No Pavilhão Municipal de Santa Cruz, as micaelenses rubricaram duas grandes exibições diante das locais e triunfaram por duplo 3-0 sem contestação.
O Clube K segue imparável na liderança da prova, ainda sem conhecer o sabor da derrota, e praticamente garantiu o título desta Zona Açores.
Quanto ao Santa Cruz, as graciosenses desceram ao 3º lugar da classificação e irão procurar lutar pelo segundo lugar do pódio.

Na Ilha de Terceira aguardava-se com grande expectativa o derby local entre ADRE Praiense e AJ Fonte do Bastardo, depois de na primeira volta terem sido dois grandes jogos de cortar a respiração que só se decidiram na “negra”.
Desta vez, e a jogar em casa, a ADREP fez uma exibição mais sólida e consistente, acabando por levar de vencida ambos os jogos pela margem máxima – 3-0.
Beneficiando do resultado na Graciosa, as Terceirenses subiram ao 2º lugar, tendo agora 4 pontos de vantagem sobre as graciosenses.
A Fonte do Bastardo mantém-se no 4º lugar, ainda com 2 jogos por realizar.

Na Ilha de São Miguel, jogo entre últimos classificados, com o Vólei Clube local a albergar recepção ao CDE Topo.
A formação da Ilha de São Miguel alcançou duas importantes vitórias, mas com dificuldades distintas, que lhes permitiu relançar-se na luta pela manutenção nesta Zona Açores.
Na Sexta-Feira, as Micaelenses ainda cederam o terceiro parcial mas acabaram por vencer o encontro por 3-1, não dando grandes veleidades ao Topo.
Já no Sábado, o encontro foi bem mais equilibrado mas o Vólei Clube levou de vencida a formação da Ilha de São Jorge ao fim de 5 sets, com um 15-12 na “negra”.

Resultados da jornada:
11ª Jornada - 19 e 20/02/2016
VC São Miguel 3x1 CDE Topo (25-20 / 25-20 / 16-25 / 25-14)
ADRE Praiense 3x0 AJ Fonte do Bastardo (25-20 / 25-19 / 25-22)
Santa Cruz SC 0x3 Clube K (12-25 / 18-25 / 14-25)

12ª Jornada - 20 e 21/02/2016
VC São Miguel 3x2 CDE Topo (21-25 / 25-18 / 26-24 / 23-25 / 15-12)
ADRE Praiense 3x0 AJ Fonte do Bastardo (25-19 / 25-22 / 25-19)
Santa Cruz SC 0x3 Clube K (17-25 / 14-25 / 27-29)

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Ribeirense com dupla vitória vira a Eliminatória

Foto: Fabiola Zerpa
No passado fim-de-semana, o Clube Desportivo Ribeirense deu a volta à eliminatória ao vencer a Lusófona VC em casa no 2º e 3º jogo do 1º Play-Off de Apuramento do Campeão Nacional da 1ª Divisão.

No passado dia 13 de Fevereiro, as Picoenses tinham ido a Lisboa onde saíram derrotadas por 3-1, procurando agora mudar o rumo dos acontecimentos.
Neste último fim-de-semana, o Ribeirense a jogar em casa, e com o forte apoio do público picoense, impôs a sua superioridade logo no sábado, vencendo pela margem máxima, sem resposta por parte da equipa visitante.

No Domingo, e com tudo igualado, ambas as equipas deram tudo por tudo para se colocarem mais perto de um lugar na final.
Apesar da forte reacção e réplica que a Lusófona deu à equipa da casa, tendo inclusive levado o encontro à “negra”, não foi suficiente para levar de vencida a equipa do Ribeirense que está confiante e em clara ascensão.

No próximo fim-de-semana, dia 28, CD Ribeirense e Lusófona VC irão realizar o 4º jogo, desta vez na capital.
Há espera de uma destas equipas está o Boavista FC, que eliminou o SC Braga ao vencer nos três jogos disputados.


2ª Fase

I Divisão Elite
1º Play-Off
(À melhor de 5 jogos)

CF Belenenses 0x3 Porto Vólei 2014 (19-25 / 13-25 / 12-25)

Leixões SC 2x3 Atlético VC (25-21 / 22-25 / 26-24 / 17-25 / 11-15)
Atlético VC 3x0 Leixões SC (25-23 / 25-19 / 25-16)
Atlético VC 3x1 Leixões SC (25-23 / 25-22 / 21-25 / 25-22)
Atlético VC venceu a Série por 3-0

- O 1º e 4º jogo: Em casa do pior classificado
- O 2º, 3º e 5º jogo: Em casa do melhor classificado

Apuramento do Campeão Nacional da I Divisão
1º Play-Off
(À melhor de 5 jogos)

SC Braga 0x3 Boavista FC (18-25 / 16-25 / 21-25)
Boavista FC 3x2 SC Braga (23-25 / 25-19 / 25-17 / 18-25 / 15-12)
Boavista FC 3x0 SC Braga (25-14 / 25-16 / 25-18)
Boavista FC venceu a Série por 3-0

Lusófona VC 3x1 CD Ribeirense (25-20 / 25-14 / 17-25 / 29-27)
CD Ribeirense 3x0 Lusófona VC (25-16 / 25-14 / 25-17)
CD Ribeirense 3x2 Lusófona VC (25-18 / 15-25 / 25-22 / 21-25 / 15-9)

- O 1º e 4º jogo: Em casa do pior classificado
- O 2º, 3º e 5º jogo: Em casa do melhor classificado

Série dos Últimos
(Todos contra todos a 2 voltas)

1ª Jornada – 21/02/2016
GDC Gueifães 0x3 AE Pedro Eanes Lobato (16-25 / 21-25 / 16-25)
Castêlo da Maia GC 3x0 GC Santo Tirso (25-13 / 25-16 / 25-21)

Fonte do Bastardo rumo à Finalíssima do Campeonato

Foto de: Carlos do Carmo
A Associação de Jovens da Fonte do Bastardo garantiu no passado fim-de-semana a sua presença na final do Campeonato Nacional de voleibol, após bater o Sporting de Espinho por duplo 3-0.
Será a 4ª vez que os Açorianos estarão na final maior do campeonato de voleibol, onde irão encontrar, como já é habitual, o SL Benfica.

Depois de um primeiro jogo em Espinho impróprio para cardíacos, esperava-se uma partida mais disputada por parte do Sporting de Espinho, só que a Fonte do Bastardo rubricou uma exibição a roçar perfeição.
Desde cedo, a formação da Praia da Vitória mostrou que queria resolver o jogo, estando sempre na frente do marcador no set inaugural.
O Sporting de Espinho recuperou e igualou aos 17 pontos, mas rapidamente os locais voltaram ao controlo da partida.
Aos 24-21 a Fonte ainda tremeu para fechar o parcial, mas um potente ataque de Caíque Silva deu a vitória no set por 25-23.
No segundo set, o Sporting Espinho entrou melhor, só que ao segundo tempo a equipa da casa passou para a frente (16-14) e a partir daí só deu Fonte até ao final, 25-18.
No terceiro set, a formação da Praia da Vitória chegou rapidamente a uma confortável vantagem de 12-4, perante um adversário algo apagado, acabando depois por fechar o parcial por 25-13 e o encontro por 3-0.

No Domingo, a Fonte do Bastardo voltou a superar o Sporting de Espinho pela margem máxima (parciais de 25-13, 25-18 e 25-17), tal como já o tinha feito no dia anterior.


2ª Fase

I Divisão Elite
1º Play-Off
(À melhor de 5 jogos)

Castêlo da Maia GC 1x3 SL Benfica (18-25 / 17-25 / 25-20 / 14-25)
SL Benfica 3x0 Castêlo da Maia GC (25-16 / 25-21 / 25-22)
SL Benfica 3x1 Castêlo da Maia GC (22-25 / 25-21 / 25-15 / 25-21)
SL Benfica venceu a Série por 3-0

SC Espinho 2x3 AJ Fonte do Bastardo (25-23 / 23-25 / 23-25 / 25-19 / 22-24)
AJ Fonte do Bastardo 3x0 SC Espinho (25-23 / 25-18 / 25-13)
AJ Fonte do Bastardo 3x0 SC Espinho (25-13 / 25-18 / 25-17)
AJ Fonte do Bastardo venceu a Série por 3-0

- O 1º e 4º jogo: Em casa do pior classificado
- O 2º, 3º e 5º jogo: Em casa do melhor classificado

2º Play-Off
Apuramento do Campeão Nacional da I Divisão Elite
(À melhor de 5 jogos)

AJ Fonte do Bastardo x SL Benfica

- O 1º e 4º jogo: Em casa da AJ Fonte do Bastardo
- O 2º, 3º e 5º jogo: Em casa do SL Benfica

2º Play-Off
Play Out - Vencedor joga título da I Divisão
(À melhor de 3 jogos)

Castêlo da Maia GC x SC Espinho

- 1º jogo: Em casa do Castêlo da Maia GC
- 2º e 3º jogo: Em casa do SC Espinho

Apuramento do Campeão Nacional da I Divisão
1º Play-Off
(À melhor de 5 jogos)

SC Caldas 3x0 AA São Mamede (25-21 / 25-22 / 25-20)
AA São Mamede 3x2 SC Caldas (25-16 / 25-21 / 23-25 / 20-25 / 15-13)
AA São Mamede 0x3 SC Caldas (25-27 / 20-25 / 17-25)

Vitória SC 3x0 CA Madalena (25-21 / 25-14 / 26-24)
CA Madalena 2x3 Vitória SC (25-20 / 23-25 / 25-23 / 22-25 / 11-15)
CA Madalena 3x0 Vitória SC (25-20 / 25-19 / 25-17)

- O 1º e 4º jogo: Em casa do pior classificado
- O 2º, 3º e 5º jogo: Em casa do melhor classificado

Série dos Últimos
(Todos contra todos a 2 voltas)

1ª Jornada – 20/02/2016
GC Vilacondense 3x0 AA Espinho (25-18 / 25-18 / 25-23)
Leixões SC 0x3 Esmoriz GC (22-25 / 22-25 / 25-27)

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Campeonato Regional de Juvenis Masculinos - 2ª Fase

Realiza-se a partir de hoje, dia 18 de Fevereiro, até a 21 de Fevereiro a 2ª Fase do Campeonato Regional em Juvenis Masculinos.

Esta prova está dividida em duas séries – ambas de 4 equipas – e será disputada num modelo de todos contra todos, a pontos, a duas voltas.

A Série 1 será disputada na Ilha de São Miguel e contará com as participações das equipas do Clube Kairós (São Miguel), da Associação dos Antigos Alunos (São Miguel), do Futebol Clube da Calheta (São Jorge) e do Clube Desportivo “Os Marienses” (Santa Maria).
O palco do evento será o Pavilhão da Coriscolândia (Clube K) e da EBI Roberto Ivens.

A Série 2 será disputada na Ilha do Pico e contará com a participação das equipas do Clube Desportivo Ribeirense (Pico), da Associação de Jovens da Fonte do Bastardo (Terceira), da Associação Desportiva e Cultural dos Bombeiros da Horta (Faial) e do Clube Desportivo Escolar das Flores (Flores).
O palco do evento será o Pavilhão da EBI das Lajes do Pico.

O vencedor de cada Série ficará apurado para a 3ª Fase que será disputada a duas mãos para se encontrar o Campeão Regional do referido escalão.
Ao vencedor será conferido o direito de participação na Fase Final Nacional.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

2ª Divisão Nacional Masculina - Zona Açores: 11ª e 12ª Jornadas

No fim-de-semana que passou realizou-se a 11ª e 12ª jornadas a contar para a 1ª Fase do Campeonato Nacional da 2ª Divisão Masculina - Zonas Açores.

O Clube Kairós iniciou a segunda volta da mesma forma como terminou a primeira: a vencer!
No Complexo Desportivo das Laranjeiras, os micaelenses rubricaram duas grandes exibições diante dos Antigos Alunos e triunfaram por duplo 3-0 sem contestação.
O Clube K segue imparável na liderança da prova, ainda sem conhecer o sabor da derrota.
Quanto aos Antigos Alunos, os micaelenses mantêm-se no 5º lugar da classificação.
Na Ilha de Santa Maria, o embate entre CD "Os Marienses" e ADRE Praiense dividiu-se por uma vitória para cada lado.
No Sábado, os Marienses venceram pela margem máxima, 3-0, mas tiveram que se aplicar para levar de vencida a excelente réplica dada pela equipa da ADREP.

No Domingo, tudo diferente, com a formação da Praia da Vitória a levar de vencida ao fim de 5 sets e após dar a volta a uma desvantagem de 2-1 em sets.

Num 1º set equilibrado, os Terceirenses foram mais felizes na reta final e ganharam vantagem no encontro (24-26).
No set seguinte, a história reverteu-se, os Marienses reagiram e empataram a partida (25-23).
Os comandados de David Reis originaram uma reviravolta no marcador no 3º set, face a alguma apatia da equipa da casa que foi incapaz de fechar nos pontos finais (25-23).
O Praiense conseguiu voltar a recuperar da desvantagem (22-25), obrigando o jogo a ser decidido na "negra".
No último e derradeiro set, a emoção e o equilíbrio foram até final com a ADREP a ter mais motivos para sorrir após garantir a vitória no pavilhão do adversário por 13-15, depois de ter anulado uma desvantagem inicial de 4 pontos (4-0 e 5-1).


Na Ilha do Pico, o CD Ribeirense albergou recepção ao lanterna vermelha, FC Calheta.
A formação da Ilha do Pico alcançou duas importantes vitórias, mas com dificuldades distintas, que lhes permitiu colar-se ao segundo lugar da competição com 24 pontos, os mesmos que a ADRE Praiense.
No Sábado, os Picoenses venceram por 3-0, não dando veleidades aos Marienses.

Já no Domingo, o encontro foi bem mais equilibrado mas o Ribeirense levou de vencida os Calhetenses ao fim de 5 sets, com um 15-10 na “negra”.

Resultados da jornada:
11ª Jornada – 12 e 13/02/2016
AA Alunos 0x3 Clube Kairós (20-25 / 8-25 / 15-25)
CD “Os Marienses” 3x0 ADRE Praiense (25-21 / 25-22 / 26-24)
CD Ribeirense 3x0 FC Calheta (25-23 / 25-22 / 25-13)

12ª Jornada – 13 e 14/02/2016
AA Alunos 0x3 Clube Kairós (19-25 / 5-25 / 16-25)
CD “Os Marienses” 2x3 ADRE Praiense (24-26 / 25-23 / 25-23 / 22-25 / 13-15)
CD Ribeirense 3x2 FC Calheta (25-18 / 24-26 / 25-17 / 24-26 / 15-10)

Taça de Portugal: Fonte do Bastardo apurada para a Final Four

Foto de: Vitória SC
A equipa da Associação de Jovens da Fonte do Bastardo venceu no passado domingo o Vitória de Guimarães, por 3-0, garantindo a passagem às meias-finais da Taça de Portugal da modalidade.

No jogo disputado no Pavilhão do Vitória SC, os Terceirenses venceram pelos parciais de 25-19, 25-16 e 25-17, confirmando assim o favoritismo.

A equipa Açoriana junta-se, assim, a SL Benfica, Castêlo da Maia GC e SC Caldas na fase seguinte da competição.

O Sorteio da Final Four está agendado para o dia 4 de Março pelas 18:45 (17:45 nos Açores).
Os dias oficiais da competição são 12 e 13 de Março de 2016.

Taça de Portugal
Quartos-de-Final – 10/01/2016

GC Vilacondense 1x3 SC Caldas (23-25 / 23-25 / 27-25 / 22-25)
SL Benfica 3x0 CA Madalena (25-15 / 25-21 / 25-16)
Leixões SC 0x3 Castêlo da Maia GC (17-25 / 22-25 / 14-25)

14/02/2016
Vitória SC 0x3 AJ Fonte do Bastardo (19-25 / 16-25 / 17-25)

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Ribeirense entra no Play-Off com o pé esquerdo

Realizou-se no passado fim-de-semana o 1º jogo do 1º Play-Off do Apuramento do Campeão Nacional da 1ª Divisão Feminina.

A equipa do Clube Desportivo Ribeirense entrou no Play-Off do Apuramento do Campeão Nacional da 1ª Divisão com uma derrota diante da Lusófona no primeiro jogo, disputado no Pavilhão Professor Teotónio Lima.

A formação treinada por Paulo Pardalejo cedeu ao fim de 4 sets, com os parciais de 25-20, 25-14, 17-25 e 29-27.
A equipa do Ribeirense demonstrou grande determinação, contudo a formação Lisboeta apresentou maior dinâmica e com um pouco mais de rigor acabou por vencer este primeiro embate.

Neste 1º Play-Off, decidido à melhor de cinco encontros, as Picarotas jogam agora em casa no próximo fim-de-semana com o objetivo de conquistar duas importantes vitórias e dar a volta à eliminatória.
Em caso de vitória, o Ribeirense levará a decisão para Lisboa, onde no dia 28 de Fevereiro se realizará um quarto jogo.

Caso haja necessidade, mais uma partida está agendada para o dia 12 de Março na Ilha do Pico.


2ª Fase

I Divisão Elite - 1º Play-Off
(À melhor de 5 jogos)
1º Jogo

CF Belenenses x Porto Vólei 2014 (Adiado para 21/02)
Leixões SC 2x3 Atlético VC (25-21 / 22-25 / 26-24 / 17-25 / 11-15)

- O 1º e 4º jogo: Em casa do pior classificado
- O 2º, 3º e 5º jogo: Em casa do melhor classificado

Apuramento do Campeão Nacional da I Divisão - 1º Play-Off
(À melhor de 5 jogos)
1º Jogo

SC Braga 0x3 Boavista FC (18-25 / 16-25 / 21-25)
Lusófona VC 3x1 CD Ribeirense (25-20 / 25-14 / 17-25 / 29-27)

- O 1º e 4º jogo: Em casa do pior classificado
- O 2º, 3º e 5º jogo: Em casa do melhor classificado

Série dos Últimos
(Todos contra todos a 2 voltas)

1ª Jornada – 21/02/2016
GDC Gueifães x AE Pedro Eanes Lobato
Castêlo da Maia GC x GC Santo Tirso

Fonte do Bastardo entra a vencer em Espinho

Realizou-se no passado fim-de-semana o 1º jogo do 1º Play-Off do Apuramento do Campeão Nacional da 1ª Divisão Elite Masculina.


A Nave Municipal de Espinho encheu para assistir ao primeiro encontro entre o Sporting Clube local (3º classificado) e a AJ Fonte do Bastardo (2º classificado).
Num ambiente fervoroso, os visitantes venceram pela margem mínima (2-3), ficando em vantagem no play-off.

Num 1º set equilibrado, os Espinhenses foram mais felizes na reta final e ganharam vantagem no encontro (25-23).
No set seguinte, a história reverteu-se, os Terceirenses reagiram e empataram a partida (23-25).
Os comandados de Alexandre Afonso originaram uma reviravolta no marcador no 3º set, face a alguma apatia da equipa da casa que foi incapaz de fechar nos pontos finais (23-25).
O Sporting de Espinho conseguiu voltar a recuperar da desvantagem (25-19), obrigando o jogo a ser decidido na "negra".
No último e derradeiro set, a emoção e o equilíbrio foram até final com a Fonte do Bastardo a ter mais motivos para sorrir após garantir a vitória no pavilhão do adversário por 22-24.

De salientar o bom espetáculo desportivo protagonizado pelas duas equipas com "casa cheia" em Espinho.


2ª Fase

I Divisão Elite - 1º Play-Off
(À melhor de 5 jogos)
1º Jogo

Castêlo da Maia GC 1x3 SL Benfica (18-25 / 17-25 / 25-20 / 14-25)
SC Espinho 2x3 AJ Fonte do Bastardo (25-23 / 23-25 / 23-25 / 25-19 / 22-24)

- O 1º e 4º jogo: Em casa do pior classificado
- O 2º, 3º e 5º jogo: Em casa do melhor classificado

Apuramento do Campeão Nacional da I Divisão - 1º Play-Off
(À melhor de 5 jogos)
1º Jogo

SC Caldas 3x0 AA São Mamede (25-21 / 25-22 / 25-20)
Vitória SC 3x0 CA Madalena (25-21 / 25-14 / 26-24)

- O 1º e 4º jogo: Em casa do pior classificado
- O 2º, 3º e 5º jogo: Em casa do melhor classificado

Série dos Últimos
(Todos contra todos a 2 voltas)

1ª Jornada – 20/02/2016
GC Vilacondense x AA Espinho
Leixões SC x Esmoriz GC

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Ribeirense despede-se da 1ª Fase com grande vitória

Foto de: Ivan Nunes
Realizou-se no passado fim-de-semana a 22ª e última jornada da 1ª Fase da 1ª Divisão Nacional Feminina.

O Clube Desportivo Ribeirense encerrou a fase regular do Campeonato Nacional com uma grande vitória.
Na Ilha do Pico, as comandadas de Paulo Pardalejo bateram o GDC Gueifães pela margem máxima, 3-0, o que lhes permitiu ascender e terminar esta 1ª Fase no 6º lugar.

A formação da Ilha do Pico apresentou-se em bom nível, e venceu um adversário, que por norma causa sempre grandes dificuldades.
O primeiro set foi pautado pelo equilíbrio, contudo as comandadas de Paulo Pardalejo conseguiram ser mais fortes nos momentos de decisão e venceram por 25-22.

No segundo parcial a toada manteve-se, com ambas as formações a disputarem ponto a ponto a vitória. A ponta final voltou a ser crucial e as Açorianas voltaram a ser mais felizes, vencendo por 25-19.


O Gueifães entrou bem no terceiro set, disposto a inverter a tendência do jogo, mas no fim foram as da casa que tiverem motivos para sorrir ao levarem de vencida o parcial por 25-23 e o encontro por 3-0.

Com a fase regular do Campeonato Nacional terminada, o título secundário, o da 1ª Divisão, irá ser discutido por: Boavista FC, CD Ribeirense, Lusófona VC e SC Braga.


As meias-finais do Play-Off, a disputar à melhor de cinco jogos, vai colocar frente a frente o Boavista, 5º classificado, com o 8º, Sp. Braga, sendo que o outro duelo oporá o Ribeirense, 6º, e a Lusófona, 7º classificado.

Resultados da jornada:
20ª Jornada
CD Ribeirense 3x0 Castêlo da Maia GC (25-0 / 25-0 / 25-0) – Falta de Comparência

22ª Jornada – 06 e 07/02/2016
CD Ribeirense 3x0 GDC Gueifães (25-22 / 25-19 / 25-23)
CF Belenenses 0x3 Porto Vólei 2014 (18-25 / 14-25 / 17-25)
Leixões SC 3x1 AE Pedro Eanes Lobato (25-23 / 20-25 / 25-12 / 25-13)
GC Santo Tirso 0x3 Atlético VC (10-25 / 21-25 / 8-25)
Castêlo da Maia GC 1x3 SC Braga (21-25 / 22-25 / 32-30 / 23-25)
Boavista FC 3x2 Lusófona VC (18-25 / 25-19 / 25-19 / 19-25 / 15-13)

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Fonte do Bastardo termina 1ª Fase com vitória caseira

Foto de: Carlos do Carmo
Realizou-se no passado fim-de-semana a 22ª e última jornada da 1ª Fase da 1ª Divisão Nacional Masculina.

A Associação de Jovens da Fonte do Bastardo despediu-se desta 1ª Fase com uma vitória caseira.

Na recepção ao Sporting das Caldas, os comandados de Alexandre Afonso fizeram uma exibição extremamente sólida e consistente, vencendo pela margem máxima com os parciais de 25-17, 25-17 e 25-20.


Com a fase regular do Campeonato Nacional terminada, o título principal, o da Divisão de Elite, irá ser discutido pelos suspeitos do costume, ou seja, as quatro equipas que eram apontadas como as mais fortes no início da época: SL Benfica, AJ Fonte do Bastardo, SC Espinho e Castêlo da Maia GC.

As meias-finais do Play-Off, a disputar à melhor de cinco jogos, vai colocar frente a frente o Benfica, 1º classificado, com o 4º, Castêlo da Maia, sendo que o outro duelo oporá a Fonte do Bastardo, 2º, e o Sp. Espinho, 3º classificado.

Resultados da jornada:
22ª Jornada – 06/01/2016
Vitória SC 3x2 Esmoriz GC (25-21 / 25-19 / 22-25 / 23-25 / 15-11)
AA São Mamede 3x0 GC Vilacondense (25-18 / 29-27 / 25-20)
SL Benfica 3x0 CA Madalena (25-20 / 25-21 / 25-23)
Leixões SC 0x3 SC Espinho (12-25 / 19-25 / 22-25)
AJ Fonte do Bastardo 3x0 SC Caldas (25-17 / 25-17 / 25-20)
AA Espinho 1x3 Castêlo da Maia GC (20-25 / 18-25 / 25-22 / 21-25)

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

2ª Divisão Nacional Feminina - Zona Açores: 9ª e 10ª Jornadas

No fim-de-semana que passou realizou-se a 9ª e 10ª Jornadas a contar para a 1ª Fase da 2ª Divisão Nacional Feminina – Zona Açores.

Na Ilha de São Miguel, o Clube K albergou recepção à AJ Fonte do Bastardo.

No Sábado, vitória sem contestação das pupilas de António Brilhante.
No primeiro set, as Micaelenses foram construindo a vitória no parcial desde cedo e tranquilamente fecharam por 25-12.
No segundo set, a Fonte do Bastardo deu boa réplica, chegou a empatar aos 8-8 e 10-10. Aos 13-12 o Clube K disparou no marcador e fechou o parcial por 25-14.
No terceiro set, início novamente equilibrado com ambas as equipas a estarem empatadas aos 8 e 10 pontos. A partir daí, ponto após ponto, o Clube K fechou o set em 25-14.

No Domingo, nova vitória do Clube K mas sem antes de se livrar de um pequeno susto.
No primeiro set, as Micaelenses dominaram do início ao fim e categoricamente fecharam o parcial por 25-9.
No segundo set, a Fonte do Bastardo fez algumas correcções e por pouco que não surpreendeu. A formação da Praia da Vitória entrou a vencer por 0-3 e 2-4, mas viu a equipa da casa dar a volta e colocar o resultado e 7-4 a seu favor. As terceirenses não se abalaram e com muita garra colocaram-se a vencer por 11-16. O Clube K teve de "puxar dos galões" e igualou aos 17 pontos, fechando pouco depois o parcial por 25-19.
No terceiro set, o Clube K esteve sempre em vantagem no marcador, disparou aos 15-12, mas viu uma ligeira recuperação da Fonte do Bastardo na parte final, que reduziu para 20-18. A partir daí, as Micaelenses não vacilaram e fecharam o parcial em 25-18.

Dupla vitória pela margem máxima, 3-0, que permitiu ao Clube K terminar a primeira volta invencível e sem qualquer set cedido.
Foto de: Santa Cruz SC
Na Ilha Graciosa, o Santa Cruz SC recebeu o VC São Miguel.

As comandadas de Paulo Cunha alcançaram duas boas vitórias e mantêm-se no segundo lugar ao fim da 1ª volta, a 9 pontos do líder e com 2 pontos de vantagem sobre o seu mais direto adversário.

No Sábado, as Graciosenses venceram por 3-0, não dando veleidades ao Vólei Clube.

Já no Domingo, as Micaelenses deram boa réplica contudo o Santa Cruz voltou venceu pela margem máxima, com os parciais de 25-20, 25-16 e 25-18.

Na Ilha Terceira, a ADRE Praiense recebeu o CDE Topo.

Foi feliz a formação da Praia da Vitória que mostrou ter melhores argumentos para alcançar a vitória. Mesmo assim as meninas de São Jorge bateram-se muito bem, tendo mesmo a vir a vencer um set.
No entanto, nos restantes parciais o Praiense foi mais eficaz em termos ofensivos e defensivos acabando por garantir dois triunfos por duplo 3-1.

Se as Escolares do Topo estão longe de poder lutar por uma “possível” subida de divisão, uma vez que se encontram no quinto lugar a 24 pontos do primeiro lugar, já a equipa da ADREP está no terceiro lugar, totalizando 19 pontos, menos 11 que o líder Clube K.

Resultados da jornada:
9ª Jornada – 30/01/2016
Santa Cruz SC 3x0 VC São Miguel (25-14 / 25-16 / 25-16)
ADRE Praiense 3x1 CDE Topo (25-16 / 19-25 / 25-14 / 25-21)
Clube Kairós 3x0 AJ Fonte do Bastardo (25-12 / 25-14 / 25-14)

10ª Jornada – 31/01/2016
Santa Cruz SC 3x0 VC São Miguel (25-20 / 25-16 / 25-18)
ADRE Praiense 3x1 CDE Topo (25-14 / 25-16 / 25-27 / 25-12)
Clube Kairós 3x0 AJ Fonte do Bastardo (25-9 / 25-19 / 25-18)

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Jornada dupla saldou-se por uma derrota e uma vitória

Foto de: Beatriz M. Baptista
Realizou-se no passado fim-de-semana a 21ª Jornada da 1ª Fase da 1ª Divisão Nacional Feminina.

O Clube Desportivo Ribeirense somou a quarta derrota caseira no campeonato nacional (cedeu apenas para as equipas que se apuraram para a I Divisão de Elite).


Nos Açores, a formação orientada por Paulo Pardalejo não teve argumentos para contrariar o favoritismo do super candidato Leixões SC que venceu pela margem máxima, 0-3, com os parciais de 21-25, 20-25 e 12-25.


No Domingo, o Ribeirense voltou a jogar, desta feita, com o Boavista FC em jogo em atraso da 16ª jornada.

A equipa do Pico entrou melhor no encontro, denotando sobretudo maior confiança nas suas acções individuais e colectivas, e acabou por fechar o primeiro set com uns confortáveis 25-15.
As visitantes reagiram bem e fizeram algumas correções, levando de vencida o segundo parcial por 22-25.
O 1-1 no encontro mantinha tudo em aberto, mas o Ribeirense não se deixou abalar.

Ponto após ponto, a equipa da casa foi ganhando vantagem no resultado e acabou por conseguir fechar os dois sets seguintes por 25-18 e 25-17, respectivamente, e o encontro por 3-1.

O Ribeirense ascendeu ao 7º lugar, totalizando 27 pontos e com 2 jogos ainda por disputar é possível alcançar o 5º lugar.

Resultados da jornada:

14ª Jornada
30/01/2016
CF Belenenses 3x0 Castêlo da Maia GC (25-20 / 25-22 / 25-23)

16ª Jornada
31/01/2016
CD Ribeirense 3x1 Boavista FC (25-15 / 22-25 / 25-18 / 25-17)

21ª Jornada – 30 e 31/01/2016
CD Ribeirense 0x3 Leixões (21-25 / 20-25 / 12-25)
CF Belenenses 3x0 SC Braga (25-12 / 25-17 / 25-21)
Atlético VC 3x1 Lusófona VC (23-25 / 25-20 / 25-19 / 25-15)
AE Pedro Eanes Lobato 3x1 Castêlo da Maia GC (25-19 / 22-25 / 25-22 / 25-20)
Porto Vólei 2014 3x0 GC Santo Tirso (25-18 / 25-9 / 25-11)

23/01/2016
GDC Gueifães 2x3 Boavista FC (18­-25 / 19-25 / 25-17 / 25-16 / 12-15)